Investimentos em Projetos Greenfield

Nos últimos 6 anos, a Companhia arrematou 14 lotes em leilões de transmissão realizados pela ANEEL, que somam investimento ANEEL (ponderado pela participação da ISA CTEEP) de R$ 6,3 bilhões com incremento da RAP (ciclo 2021/2022) de cerca de R$  687 milhões, após a entrada em operação dos ativos. A Companhia já energizou 5 desses projetos (Itapura Bauru, Itaquerê, Tibagi, Aguapeí e Itapura Lorena) com eficiência média de CapEx de 36% e antecipação média de 9 meses.

A seguir, apresentamos as informações dos projetos arrematados:

IE Itapura
A Interligação Elétrica Itapura S.A. (“IE Itapura”) é responsável pela execução do Lote 25 arrematado no Leilão nº 015/2016 (“Itapura Bauru”), promovido pela ANEEL em abril de 2017, e do Lote 10 arrematado no Leilão nº 02/2018 (“Itapura Lorena”), realizado em junho de 2018. Itapura Bauru está localizada no estado de São Paulo e é formada pela implantação de um compensador estático 440 kV (-125/+250) MVAr na subestação Bauru (existente). A instalação desse equipamento na subestação garante benefícios para o SIN, e em especial no controle de tensão na malha de 440 kV do Estado de São Paulo. As obras foram iniciadas no 2T18 e concluídas no 3T19, quando o empreendimento obteve o Termo de Liberação Definitiva (“TLD”) do ONS referente ao início da sua operação comercial plena em 27 de agosto de 2019. Esse projeto foi concluído com eficiência de CapEx de 50% e antecipação de 18 meses. Itapura Lorena é responsável pela implantação de uma subestação com potência máxima de 1.200 MVA, na cidade de Lorena, estado de São Paulo, e linha de transmissão de 7km de circuito.  As obras do projeto foram iniciadas no 3T19 e foram concluídas com a obtenção do TLD em outubro de 2021, com eficiência de CapEx de 48% e antecipação de 11 meses.

IE Itaquerê
A Interligação Elétrica Itaquerê S.A. (“IE Itaquerê”) é responsável pela execução do Lote 6 arrematado no Leilão nº 015/2016 promovido pela ANEEL em abril de 2017. O empreendimento está localizado no estado de São Paulo e é formado pela implantação de três compensadores síncronos 500 kV (-180/+300) MVA na subestação Araraquara 2 (existente, operada pela State Grid). A instalação desses equipamentos na subestação garante benefícios para o SIN, e em especial no controle de tensão para os sistemas de 440 e 500 kV do Estado de São Paulo. A subsidiária iniciou suas obras no 3T18. O primeiro equipamento foi energizado em julho de 2020 recebeu RAP parcial até sua conclusão, em dezembro de 2020. Esse projeto foi entregue com eficiência de CapEx de 40% e antecipação de 11 meses.

IE Tibagi
A Interligação Elétrica Tibagi S.A. (“IE Tibagi”) é responsável pela execução do Lote 5 arrematado no Leilão nº 015/2016 promovido pela ANEEL em abril de 2017. O empreendimento está localizado nos estados de São Paulo e Paraná e é formado pela implantação de uma linha de transmissão de 17 km e uma subestação. Em julho de 2018, a subsidiária obteve LI do IBAMA e as obras foram iniciadas no 3T18. Esse projeto foi entregue no 4T20 com eficiência de CapEx de 12% e antecipação de 8 meses.

IE Aguapeí
A Interligação Elétrica Aguapeí S.A. (“IE Aguapeí”) é responsável pela execução do Lote 29 arrematado no Leilão nº 005/2016 promovido pela ANEEL em abril de 2017. O empreendimento está localizado no estado de São Paulo e é formado pela implantação de subestações de 1.400 MVA de potência e o 121 km de linhas de transmissão (140 km de circuito). Em junho de 2019, a subsidiária obteve todas as LI’s expedidas pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (“CETESB”) e iniciou suas obras no 3T19. A energização ocorreu no 1T21. Esse projeto foi entregue com 6 meses de antecedência do prazo ANEEL e eficiência de CapEx de 43%.

IE Itaúnas
A Interligação Elétrica Itaúnas S.A. (“IE Itaúnas”) é responsável pela execução do Lote 21 arrematado no Leilão nº 013/2015 promovido pela ANEEL em outubro de 2016. O empreendimento está localizado no estado do Espírito Santo e é formado pela implantação de 79 km de linhas de transmissão, a construção de uma nova subestação e a ampliação de uma subestação existente. As obras de ampliação iniciaram no 3T18. As licenças de instalação para a linha de transmissão e para a construção da subestação foram expedidas em agosto de 2019, e suas obras iniciadas no 3T19.  Até 31 de março de 2022, o CapEx total realizado no projeto foi de R$ 275,9 milhões.

IE Biguaçu
A Interligação Elétrica Biguaçu S.A. (“IE Biguaçu”) é responsável pela execução do lote 01 leilão ANEEL nº 002/2018 realizado em junho de 2018. O empreendimento está localizado no estado de Santa Catarina e é formado pela implementação de uma subestação de 300 MVA de potência, a ampliação de uma subestação, e a construção de uma linha de transmissão de 57 km de circuito, incluindo trechos aéreos, submarinos e subterrâneos.  No 4T20, o projeto obteve a Licença de Instalação para a subestação Ratones e equipamentos das zonas de transição. O processo de licenciamento das linhas de transmissão foi concluído no 1T21.  Até 31 de março de 2022, o CapEx total realizado no projeto foi de R$ 355,7 milhões

IE Paraguaçu
A IE Paraguaçu é responsável pela execução do Lote 3 arrematado no Leilão nº 013/2015 promovido pela ANEEL em outubro de 2016, em que a Companhia participa em parceria com a Transmissora Aliança de Energia Elétrica S.A. (“Taesa”), na proporção igualitária de 50%. O empreendimento está localizado nos estados da Bahia e de Minas Gerais e é formado pela implementação de 338 km de linhas de transmissão. Em maio de 2019, a transmissora obteve a Licença de Instalação para o empreendimento, emitida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (“IBAMA”), e as obras iniciaram no 2T19.  Até 31 de março de 2022, o CapEx total realizado no projeto foi de R$ 577,0 milhões.

IE Aimorés
A IE Aimorés é responsável pela execução do Lote 4 arrematado no Leilão nº 013/2015 promovido pela ANEEL em outubro de 2016, em que a Companhia participa em parceria com a Taesa, na proporção igualitária de 50%. O empreendimento está localizado no estado de Minas Gerais e é formado pela implementação de 208 km de linhas de transmissão. Em abril de 2019, a LI foi expedida pelo IBAMA e as obras iniciaram no 2T19.  Até 31 de março de 2022, o CapEx total realizado no projeto foi de R$ 354,0 milhões.

IE Ivaí
A IE Ivaí é responsável pela execução do Lote 01 arrematado no Leilão nº 05/2016 promovido pela ANEEL em abril de 2017, em que a Companhia participa em parceria com a Taesa, na proporção igualitária de 50%. O empreendimento está localizado no estado do Paraná e é formado pela implementação de 3 subestações com potência total de 2.988 MVA, além de 600 km de linhas de transmissão em Circuito Duplo, totalizando 1.200km. Em outubro de 2019, as obras foram iniciadas.  Até 31 de março de 2022, o CapEx total realizado no projeto foi de R$ 1.684,0 milhões.

Projeto Minuano
O projeto Minuano é responsável pela execução do Lote 3 arrematado no Leilão nº 02/2019 promovido pela ANEEL em dezembro de 2019. O empreendimento está localizado no estado do Rio Grande do Sul e é formado pela implementação de uma subestação com 800 MVA de potência, além da construção de 169 km em linhas de transmissão. No 4T20, o projeto obteve a Licença de Instalação para a subestação Caxias Norte. Em abril de 2020, as obras da subestação foram iniciadas. O processo de licenciamento das linhas de transmissão está em andamento e a expectativa é que seja obtida no 1T22, com início imediato da construção. Até 31 de março de 2022, o CapEx total realizado no projeto foi de R$ 181,4 milhões. Esse contrato de concessão está na subsidiária Evrecy.

Projeto Três Lagoas
O projeto Três Lagoas é responsável pela execução do Lote 6 arrematado no Leilão nº 02/2019 promovido pela ANEEL em dezembro de 2019. O empreendimento está localizado no estado de São Paulo e Mato Grosso do Sul, formado pela implementação de 37 km de linhas de transmissão, além da ampliação de duas subestações. A LI do empreendimento foi obtida em janeiro de 2021. Em abril de 2021, as obras foram iniciadas. Até 31 de março de 2022, o CapEx total realizado no projeto foi de R$ 78,6 milhões. Esse contrato de concessão está na subsidiária IE Tibagi.

Projeto Triângulo Mineiro
O projeto Triângulo Mineiro é responsável pela execução do Lote 7 arrematado no Leilão nº 02/2019 promovido pela ANEEL em dezembro de 2019. O empreendimento está localizado no estado de Minas Gerais e é formado pela implementação de 4 subestações com potência total de 1.600 MVA, além de cerca de 173 km de linhas de transmissão. A Licença de Instalação foi obtida em janeiro de 2022 e desde então foram iniciadas suas obras. Até 31 de março de 2022, o CapEx total realizado no projeto foi de R$ 89,6 milhões. Esse contrato de concessão está na subsidiária IEMG (Interligação Elétrica de Minas Gerais S.A.).

Projeto Riacho Grande
O projeto Riacho Grande é responsável pela execução do Lote 7 arrematado no Leilão nº 01/2020 promovido pela ANEEL em dezembro de 2020. O empreendimento é formado pela implementação de 63 km de linhas de transmissão e de 800 MVA de potência para suprir as cargas das regiões Norte, Sul e Leste do município de São Paulo e região do ABC. A expectativa de obtenção da LI é no 3T23.  Até 31 de março de 2022, o CapEx total realizado no projeto foi de R$ 60,5 milhões.

Clique aqui para baixar a planilha

Atualizado em 31 de março de 2022.