ISA CTEEP aumenta em mais de 160% os investimentos em modernização de ativos no primeiro trimestre do ano

  • Reforços e melhorias são destaques no primeiro trimestre e empresa prevê investir R$ 3,1 bilhões nessa rota de crescimento até 2025
  • Expectativa é energizar seis empreendimentos no ano - um crescimento previsto de 12% (R$ 380 milhões) na Receita Anual Permitida (RAP)
  • Relatório Anual de Sustentabilidade 2021 é lançado com destaque para o novo portal dedicado às iniciativas e indicadores ESG
 
São Paulo, 03 de maio de 2022 – No primeiro trimestre do ano, a ISA CTEEP, uma das principais transmissoras de energia do País, investiu R$ 155 milhões em reforços e melhorias de ativos existentes, um aumento de 162% em relação ao mesmo período de 2021. O volume atingiu um novo recorde trimestral da companhia e consolida a tendência de crescimento com aumento de capacidade e modernização de seus ativos desde 2020.

A empresa possui autorizações para 251 projetos com investimento previsto pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) de R$ 2,7 bilhões para serem executados até 2025.

Já em empreendimentos arrematados em leilão (greenfield), o investimento do período totalizou R$ 260 milhões, 11,4% acima do registrado no primeiro trimestre do ano anterior. Com franca expansão nacional e nove projetos em construção, a expectativa da ISA CTEEP é energizar seis empreendimentos neste ano. São eles: Aimorés (MG), Biguaçu (SC), Itaúnas (ES), Ivaí (PR), Paraguaçu (BA e MG) e Três Lagoas (MS e SP). Esses projetos adicionarão aproximadamente R$ 380 milhões, que representa um crescimento de 11,7% na Receita Anual Permitida (RAP) da companhia.

“Acreditamos na importância de seguir investindo em projetos que contribuem com a segurança do sistema de transmissão de energia elétrica do Brasil. Além dos novos empreendimentos, a modernização dos ativos existentes permite manter não apenas a sustentabilidade do negócio, como também a continuidade da prestação do serviço”, explica Rui Chammas, diretor-presidente da ISA CTEEP.
 
Resultados financeiros regulatórios

A receita operacional líquida do primeiro trimestre deste ano foi de R$ 715,4 milhões, uma redução de 16% em relação ao registrado no mesmo período do ano anterior. Já o EBITDA totalizou R$ 532 milhões, uma redução de 23,7% em relação ao primeiro trimestre de 2021. Ainda, o lucro líquido dos meses de janeiro a março de 2022 foi de R$ 112,5 milhões, uma queda de 63% no comparativo com o mesmo período do ano anterior.

Essa variação é explicada, principalmente, pela redução da receita proveniente da Rede Básica Sistema Existente (RBSE) nos ciclos tarifários 21/22 e 22/23 em consequência do reperfilamento do seu componente financeiro, além do menor volume de antecipações (sobras ou déficits de arrecadação pelo órgão regulador, repassados às empresas do setor). Ainda, houve aumento das despesas financeiras sobre o serviço da dívida decorrente das mudanças no cenário macroeconômico, com a elevação dos indicadores IPCA, CDI e TJLP.

“Em junho, teremos o reajuste tarifário junto com a recomposição parcial da RBSE. Aliados às energizações de projetos no ano, há expectativa de que nossa RAP terá um aumento de mais de R$ 560 milhões, além do reajuste monetário do ciclo pela inflação do período, eventos importantes para os resultados e a longevidade da companhia”, explica Carisa Cristal, diretora executiva de finanças e relações com investidores da ISA CTEEP.

Sustentabilidade

Simultaneamente, a companhia lançou a nova seção ESG em seu website com o objetivo de dar mais transparência e acesso às informações sobre as iniciativas e indicadores da empresa nos aspectos de governança, ambiental e social. Link de acesso: https://www.isacteep.com.br/pt/sustentabilidade/esg


  
Página ESG


Também foi lançado o Relatório Anual de Sustentabilidade 2021, documento que apresenta o desempenho e a abordagem de gestão da empresa nos aspectos mais relevantes na visão dos seus públicos de relacionamento.

“O ano de 2021 foi marcado por evoluções significativas na arena ESG, com a ampliação do nosso Programa Conexão Jaguar que visa à proteção de cerca de 141 mil hectares na Serra do Amolar, no Pantanal; a criação do Comitê de Diversidade e programas afirmativos de recrutamento e seleção; além de projetos de ecoeficiência que buscam reduzir anualmente nossos indicadores de água, energia, SF6 e resíduos”, diz Chammas.

A companhia é carbono neutro desde 2019 (compensação total das emissões Escopo 1 e 2, exceto perdas) e colabora com o alcance prioritário de seis Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), dentre eles: ODS 7 – Energia limpa e acessível; ODS 13 - Ação contra a mudança global do clima; e ODS 15 - Vida terrestre.

Acesse o vídeo de destaques: https://youtu.be/K2HXcTDCRxA
 
Sobre a ISA CTEEP
Com uma equipe de mais de 1.300 colaboradores, a ISA CTEEP está presente em 17 Estados, operando uma complexa rede de transmissão por onde trafegam 30% de toda a energia elétrica transmitida no Brasil e 92% no Estado de São Paulo. Seu sistema elétrico é composto por aproximadamente 21 mil km de redes de linhas de transmissão e 142 subestações (ativos em operação e em construção) com tensão de até 550 kV. Privatizada em 2006, o principal acionista é o Grupo Multilatino ISA, que detém 35,82% do capital total.
 
 
Informações para a imprensa – ISA CTEEP
RPMA Comunicação
Pedro Henrique Santos – (11) 96513-0069
Kelly Queiroz – (11) 94216-3176
isacteep@rpmacomunicacao.com.br
Voltar