ISA CTEEP atinge novo recorde de investimento no primeiro semestre do ano e tem aumento de 21% no EBITDA ajustado

  • Investimentos alcançam a marca de R$ 635 milhões, aumento de 13% em comparação com o primeiro semestre de 2020
  • Aumento de 76,5% nos investimentos em reforços e melhorias com mais de 40 projetos entregues, o que colabora para o suprimento de energia do País, especialmente em momento de crise hídrica
     
São Paulo, 29 de julho de 2021 – Os resultados da ISA CTEEP, maior transmissora privada de energia elétrica do País, referentes ao segundo trimestre de 2021, evidenciam a escalada de investimentos — R$ 343,3 milhões, novo recorde da companhia — apresentando crescimento de 21%, ante o segundo trimestre de 2020, que impulsionam a modernização, a segurança e a expansão do sistema de transmissão nacional. Do total, R$ 265 milhões foram destinados aos novos projetos (greenfield) e R$ 78,3 milhões a reforços e melhorias.
 
INVESTIMENTOS (R$ milhões)

No primeiro semestre de 2021, a empresa investiu R$ 635 milhões, um aumento de 13% em relação ao mesmo período do ano anterior. Desses, R$ 498 milhões foram alocados em novos projetos (greenfield). A previsão para investimento no ano é superior a R$ 1 bilhão. Nos últimos 6 anos, a Companhia arrematou 14 lotes em leilões de transmissão realizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e já energizou 4 desses projetos (Itapura Bauru, Itaquerê, Tibagi e Aguapeí).
 
Em reforços e melhorias, a companhia aportou cerca de R$ 137,4 milhões no período com a implementação de 45 projetos, versus R$ 77,8 milhões no primeiro semestre de 2020, um aumento de 76,5%. A Companhia já possui autorizações da ANEEL para executar mais de R$ 1,8 bilhão de investimentos nessa frente, nos próximos quatro anos.
 
“Temos potencial para dobrar o patamar de investimentos em reforços e melhorias, a serem entregues gradualmente. Em um contexto de crise hídrica, em que a sociedade demanda segurança energética e robustez do sistema, esses projetos se tornam ainda mais importantes e essenciais para garantir o abastecimento do País”, diz Rui Chammas, diretor presidente da ISA CTEEP.
 
Resultados financeiros
 
O resultado do trimestre foi afetado positivamente, principalmente, pela conclusão da aquisição da Piratininga - Bandeirantes Transmissora de Energia (PBTE). O EBITDA ajustado segue em alta, quando comparado com o mesmo período de 2020. No segundo trimestre, obteve um aumento de 18% - R$ 739 milhões – enquanto no primeiro semestre, o EBITDA foi de um incremento de 21%, totalizando R$ 1,58 bilhão.
 
EBITDA Ajustado (R$ milhões)
No segundo trimestre, a receita líquida da companhia totalizou mais de R$ 792 milhões. No semestre, a receita líquida foi de R$ 1,6 bilhão, uma redução de 26,3% ante 2020 em razão da aplicação da Revisão Tarifária Periódica (RTP) dos contratos renovados e remuneração do componente financeiro (RBSE) em 2020. Já o lucro líquido registrado entre abril e junho foi acima de R$ 248 milhões e R$ 556 milhões no acumulado do ano.
 
De acordo com a diretora executiva de finanças e relações com investidores da ISA CTEEP, Carisa Cristal, “a reprogramação de pagamento da Rede Básica Sistema Existente (RBSE) será reconhecida a partir de julho com uma redução imediata na Receita Anual Permitida (RAP) da companhia, que será compensada partir de 2023 impactando positivamente a RAP e aumentando a geração de caixa da empresa no longo prazo”.
 
Desempenho operacional
 
A ISA CTEEP é remunerada pela disponibilidade de seus ativos e, nos últimos anos, tornou-se uma empresa referência no setor em termos de desempenho. A Companhia realiza gestão constante e minuciosa de seus indicadores operacionais, entre os quais se destaca o Índice de Energia Não Suprida (“IENS”), obtido pela relação entre o total de energia não suprida durante todas as ocorrências no ano e o total da demanda de energia suprida pela empresa.
 
No segundo trimestre do ano, o Índice de Energia Não Suprida (IENS) da Companhia foi destaque e totalizou 0,000244% versus 0,000681% registrado no mesmo período de 2020. Como referência, para o Sistema Interligado Nacional (SIN), o IENS totalizou 0,0024% em maio de 2021. 
 
Sustentabilidade
 
A companhia realizou a captação de R$ 672,5 milhões em títulos verdes (10ª emissão de debêntures), no primeiro semestre do ano. Ainda, com o compromisso de atuar cada vez mais na geração de valor sustentável ao negócio, em maio, a ISA CTEEP aderiu à Plataforma de Transparência de Título Verdes (Green Bond Transparency Platform – GBTP), desenvolvida pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para a divulgação de informações de forma padronizada acerca do uso dos recursos, impactos, metodologias e padrões empregados nas emissões dos títulos verdes. 
 
Informações para a imprensa
RPMA Comunicação
Pedro Henrique Santos – (11) 96513-0069
isacteep@rpmacomunicacao.com.br
Kelly Queiroz – (11) 94216-3176
isacteep@rpmacomunicacao.com.br

 
Voltar