ISA CTEEP integra parceria para construção da fábrica de vacinas do Instituto Butantan

Doação de cerca de R$ 3,2 milhões ajudará na independência para a produção de imunizantes contra a Covid-19 no Brasil

São Paulo, 03 de fevereiro de 2021 – Inserida no propósito de contribuir para o desenvolvimento da sociedade, a ISA CTEEP – maior transmissora privada de energia elétrica do país – doou, em outubro de 2020, cerca de R$ 3,2 milhões para a construção do Centro Multipropósito de Produção de Vacinas do Instituto Butantan (CMPV), por meio do governo do Estado de São Paulo, da InvestSP e da Fundação Butantan em parceria com a organização da sociedade civil Comunitas.

Além dos R$ 3 milhões doados pela transmissora, uma campanha entre os 1.500 colaboradores angariou cerca de R$ 40 mil, sendo que, para cada R$ 1 doado, a ISA CTEEP somou mais R$ 4, fazendo com que esse montante alcançasse R$ 160 mil, totalizando aproximadamente R$ 3,2 milhões, os quais também foram destinados integralmente para o Centro Multipropósito de Produção de Vacinas.

“Estamos bastante orgulhosos em colaborar com mais essa iniciativa para o combate ao coronavírus no Brasil. Trabalhamos, diariamente, com o objetivo de gerarmos valor sustentável e contribuirmos permanentemente para o benefício de toda a sociedade. Neste caso, ainda contamos com o comprometimento de nossos colaboradores, que também apoiaram com doações para ajudarmos a salvar vidas”, diz Rui Chammas, diretor presidente.

A iniciativa conjunta do governo de São Paulo, Fundação Butantan e Comunitas conseguiu bater a meta de arrecadar mais de RS 160 milhões para custear integralmente a obra da nova fábrica da Coronavac do Instituto Butantan. No total, 33 grandes empresas já doaram recursos.

As obras de montagem e ampliação da nova fábrica de vacinas tiveram início no dia 02 de novembro. A estrutura física do prédio já existe, mas está sendo adaptada, ampliada e modernizada para a produção totalmente nacional da vacina, eliminando a necessidade de importação do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), matéria-prima que dá origem ao imunizante Coronavac.

Com a transferência de tecnologia e a ampliação das instalações, o Butantan terá independência produtiva do imunizante e capacidade estimada de cerca de 100 milhões de doses fabricadas por ano.

A nova fábrica, de 7 mil m², será quase quatro vezes maior que a atual, que tem 1.880 m². Além da Coronavac, a nova planta terá tecnologia para produzir também outros imunizantes. A estimativa é de que a obra dure em torno de dez a onze meses e esteja pronta em setembro.

“A pandemia do coronavírus fez com que a sociedade despertasse para uma nova realidade: somente trabalhando junto e unindo esforços públicos e privados conseguiremos superar o vírus”, diz Regina Esteves, diretora-presidente da Comunitas. Foi a partir desta convicção que o governo do Estado de São Paulo, a Comunitas e as grandes empresas se mobilizaram e criaram um pacto coletivo para produzir a vacina contra a Covid-19 em larga escala e tentar barrar de vez a contaminação. “Acredito que este é um dos maiores projetos de governança compartilhada já existentes no Brasil”, completa Regina Esteves.

Outras iniciativas da ISA CTEEP no combate à Covid-19
Para contribuir neste momento de pandemia, a empresa lançou, em 2020, o programa “Todos Somos Um”, uma iniciativa que gera impacto direto no combate à COVID-19. Na primeira ação, a transmissora doou cerca de R$ 1,5 milhão para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para a produção de kits de testes rápidos para a detecção da doença. Essa ação fez parte de um esforço coletivo do setor elétrico para minimizar os impactos da pandemia.

A empresa também criou uma plataforma digital para arrecadar doações de colaboradores para a campanha “Matchfunding Salvando Vidas”, idealizada pelo BNDES, em prol do combate à Covid-19.

Sobre a ISA CTEEP
Presente em 17 estados do Brasil, a Companhia opera uma complexa rede de transmissão, por onde trafegam 33% de toda energia elétrica transmitida no País e 94% no Estado de São Paulo. Seu sistema elétrico é composto por mais de 20 mil quilômetros de linhas de transmissão e 140 subestações (ativos em operação e em construção). Privatizada em 2006, o principal acionista é o Grupo ISA, que detém 35,82% do capital total.

Informações para a mídia
CDI Comunicação
Andresa de Oliveira – andresa.oliveira@cdicom.com.br
(11) 3817-7919
Márcia Avruch – marcia.avruch@cdicom.com.br
(11) 98397-7805

 
Voltar