ISA CTEEP mantém home office até o fim do ano

Companhia constatou que 90% dos colaboradores preferem continuar trabalhando em casa, enquanto aguardam definição sobre vacina contra a Covid-19
 
Desde março, os colaboradores da ISA CTEEP, maior transmissora privada de energia elétrica do país, estão em home office e continuarão em trabalho remoto até o fim deste ano. A decisão foi tomada com base em pesquisa realizada pela companhia, que constatou que 90% dos funcionários preferem manter o trabalho em casa, não apenas devido à pandemia da Covid-19, mas também pela qualidade de vida.
A empresa estabeleceu o home office para todos os colaboradores administrativos logo no início da pandemia. Nas áreas operacionais e regionais foi estipulada uma quantidade de colaboradores para execução das atividades in loco, com o objetivo de não impactar as operações. Para as subsidiárias, estabeleceram-se mudanças nos turnos, revezamento das equipes de manutenção e contingente mínimo para situações especiais.
“Entendemos que, neste momento, com o cenário ainda não confortável para o retorno ao escritório, a melhor opção é mantermos o home office e aguardarmos a evolução da vacina. A ISA CTEEP presta um serviço essencial para a sociedade e, desde o início, adotou iniciativas de proteção e monitoramento dos impactos da pandemia”, afirma Cristhiani Chitero, diretora de Talento Organizacional.
 
Canal Saúde
 
A ISA CTEEP tem tomado uma série de medidas para preservar a saúde física e mental de seus funcionários. Com destaque para o Canal Saúde, criado para atendimento aos colaboradores; a contratação de um infectologista para validar os protocolos estabelecidos pela empresa e o acompanhamento diário do estado de saúde de todos os profissionais, por meio de aplicativo. Ainda para contribuir com a qualidade de vida e o bem-estar das equipes, estão sendo proporcionadas atividades de apoio psicológico, financeiro, social, saúde e jurídico.
 
Sobre a ISA CTEEP
Presente em 17 estados do Brasil, a Companhia opera uma complexa rede de transmissão, por onde trafegam 33% de toda energia elétrica produzida no País e 94% no Estado de São Paulo. Seu sistema elétrico é composto por 18 mil quilômetros de linhas de transmissão e 126 subestações. Privatizada em 2006, o principal acionista é o Grupo ISA, que detém 35,82% do capital total.
 
Informações para a mídia 
 
CDI Comunicação
Gislene Rosa – gislene@cdicom.com.br (11) 3817-7919

Voltar